O goleiro Bruno Fernandes foi apresentado ao lado do elenco do Poços de Caldas FC na manhã deste sábado (5). Após autorização da Justiça para viajar de Varginha (MG), onde cumpre regime semiaberto, para Poços de Caldas (MG), cidade a 160 quilômetros, o jogador falou sobre o recomeço no time do Sul de Minas Gerais.

A apresentação estava marcada para as 10h, mas já passava das 11h30 quando Bruno chegou ao Centro de Treinamento do clube. Ele estava acompanhado da filha de 2 anos, da esposa e da advogada. Na chegada, foi acompanhado por dois seguranças.

A apresentação estava programada anteriormente para o dia 25 de setembro, mas foi cancelada porque o goleiro não tinha autorização da Justiça para a viagem. Na data, houve uma divergência entre o clube e a advogada do goleiro. A regra do regime semiaberto estabelece que o jogador deve dormir em Varginha.

Durante a coletiva de imprensa, o clube permitiu que fossem apenas perguntas referentes a futebol e não sobre outros temas. Bruno falou sobre o recomeço.

- Acho que as pessoas esperam o mesmo goleiro que atuou no Flamengo, no Corinthians, no Atlético-MG. Faço disso um desafio, e somente o dia a dia, o trabalho diário, através da minha vontade, da força de vontade, vai mostrar aonde eu posso chegar. E eu tenho muita lenha para queimar. Tem jogadores aí hoje chegando aos 40, tenho 34 anos, na posição ainda como goleiro ajuda.

Por enquanto, Bruno não deve treinar com os colegas de time e segue com os treinamento em Varginha com um personal trainer.

- Nós apostamos na questão jurídica, a partir de janeiro, quem sabe, fevereiro, alguns ajustes. Talvez eu até mude para Poços de Caldas, seja até liberado. Se continuar desta forma, nós sabemos da dificuldade, mas se eu tiver autorização de pelo menos três vezes na semana estar junto com o grupo, não vejo problema algum, explicou.

A expectativa é que o time de Poços de Caldas só dispute uma competição oficial em agosto de 2020, na terceira divisão do Campeonato Mineiro.

 
Goleiro Bruno Fernandes foi apresentado em Poços de Caldas (MG) — Foto: João Daniel Alves/EPTVGoleiro Bruno Fernandes foi apresentado em Poços de Caldas (MG) — Foto: João Daniel Alves/EPTV

Goleiro Bruno Fernandes foi apresentado em Poços de Caldas (MG) — Foto: João Daniel Alves/EPTV

- Meu contrato vai até janeiro, mas eu vou ter o tempo necessário para treinar, para poder resolver meus problemas pessoais. E quem sabe, quando começar a competição, eu possa já ter ajustado esses detalhes.

 

Bruno também falou sobre as expectativas para o contato com o público.

- Pela primeira vez eu pude sair de Varginha. Em Varginha, eu estava me sentindo praticamente em casa. Da mesma forma que eu consegui conquistar aquelas pessoas, eu tenho certeza que, se as pessoas me derem essa oportunidade de estar aqui em Poços de Caldas, eu tenho certeza que a partir do momento que as pessoas passarem a conhecer o Bruno mais de perto, ver o ser humano que é o Bruno, tenho certeza que pode mudar de muita gente. Vou ter uma grande oportunidade de mostrar esse novo eu.

 
Goleiro Bruno Fernandes participa de amistoso neste sábado (5) — Foto: João Daniel Alves/EPTVGoleiro Bruno Fernandes participa de amistoso neste sábado (5) — Foto: João Daniel Alves/EPTV

Goleiro Bruno Fernandes participa de amistoso neste sábado (5) — Foto: João Daniel Alves/EPTV

 

Autorização

 

Nesta semana, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais informou a decisão do juiz Tarciso Moreira de Souza, da Vara de Execuções Penais de Varginha, que autorizou o goleiro Bruno a ir até Poços de Caldas.

Conforme a decisão, ele pode retornar a Varginha, em caráter excepcional neste sábado, às 21h. Além da apresentação, Bruno participa de um amistoso contra o Independente de Juruaia, às 15h, no Estádio Benedito Bandola de Oliveira.

 

Contratação

 

O goleiro e o clube chegaram a um acordo no dia 13 de agosto. Uma semana depois, ele foi anunciado oficialmente e posou com a camisa do Vulcão, como o clube é conhecido.

 

No início de setembro, Bruno se pronunciou pela primeira vez desde o acerto com o clube. O goleiro gravou um vídeo que foi postado pelo Poços de Caldas nas redes sociais dizendo que em breve estaria com os torcedores.

 

Crimes e polêmica

 

Bruno foi preso em setembro de 2010 e condenado em março de 2013. Ele também havia sido condenado por ocultação de cadáver, mas esta pena foi extinta, porque a Justiça entendeu que o crime prescreveu sem ser julgado em segunda instância. As penas válidas somadas, então, são de 20 anos e 9 meses.

Atualmente o goleiro cumpre pena em regime semiaberto domiciliar em Varginha, onde está desde abril de 2017. Ele conseguiu a progressão de pena em 19 de julho após uma decisão da 1ª Vara Criminal e de Execuções Penais do município.

 

Fonte: GE